CONHEÇA AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO TDAH

Terça, 28 de Setembro de 2021

CONHEÇA AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO TDAH

CONHEÇA AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO TDAH (TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE)

 

O TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) é um transtorno do neurodesenvolvimento caracterizado por um padrão de desatenção e OU hiperatividade-impulsividade. Esta condição proporciona dificuldades em diversos processos da rotina de vida diária e necessita.

 

 Tais dificuldades estão associadas à:

 

  • Prestar atenção em detalhes ou cometer erros por descuido em tarefas escolares ou no trabalho.
  • Manter o foco durante aulas, conversas ou leituras prolongadas.
  • Seguir instruções sistemáticas até o fim.
  • Organizar tarefas e atividades.
  • Perder objetos necessários para tarefas (p. ex. canetas, chaves, documentos.)
  • Distrair-se facilmente por estímulos externos.
  • Manter-se sentado sem “batucar” ou fazer algum tipo de movimento corporal repetitivo que indique agitação.
  • Controlar o impulso de falar excessivamente ou de interromper outras pessoas de forma inapropriada.
  • Deslocar-se calmamente sem correr ou subir em superfícies impróprias para isto.
  • Dedicar-se a atividades de lazer sem agitação (p. ex. uma reunião, passeio ao ar livre).

 

Além destes sintomas mais característicos, é possível observar o surgimento de outros impactos negativos na saúde mental das pessoas com TDAH. Estes impactos podem estar associados a ansiedade ou medo desproporcional diante da realização de alguma tarefa importante ou até mesmo desmotivação e ausência de mobilização a uma tarefa por acreditar não ser capaz de realiza-la.

É muito importante salientar que o TDAH é transtorno totalmente tratável e que as pessoas que possuem este diagnóstico ou que tem um filho ou filha com esta condição, na maioria dos casos, precisarão ter o acompanhamento de um psicólogo e de um psiquiatra ou neuropediatra. Dessa forma, seguindo orientações de profissionais, com as estratégias certas, apoio familiar, disciplina e paciência, muitas pessoas conseguem desenvolver níveis satisfatórios de qualidade de vida

 

Texto escrito por João Paulo Silva (CRP 02/21882), psicólogo redator da Comportalmente

@joaoppsicologo

Palavras-chave: TDAH